Seguidores

domingo, 28 de maio de 2017

ESBOÇOS BIBLICOS

31. O POVO DE DEUS.
1. O povo de Deus é abençoado por Ele. Nm. 24:5,6.
2. É provido ricamente por Deus. Nm. 24:7.
3. Exaltado. Nm. 24:7.
4. Liberto. Nm. 24:8; 1 Ts. l:10; Lc. 1:74.
5. Honrado. Nm. 24:17-19.
6. Feliz. Dt. 33:29.
7. Seguro e salvo. Nm. 24:17; Jo. 10:9-11.


32. NOSSO DEUS ESTÁ:
1. Diante de nós. Dt. 1:30.
2. Atrás de nós. Is. 52:12.
3. Sobre nós. Sl. 139:5.
4. Por baixo de nós. Dt. 33:27.
5. Ao nosso redor. SI. 125:2.
6. Em nós. 1 Co. 6:19.
7. Conosco. Sl. 46:11.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

PARÁBOLAS DE JESUS

SAL DA TERRA VESUS SAL INSIPIDO 
(Mt 5.13; Mc 9.50; Lc 14.34)

RELATO

Os cristãos devem ser o sal da terra, mas, seo sal perde o sabor, não serve para temperar,
nem para preservar alimentos.

SIGNIFICADO
E a primeira das cinco parábolas feitas porJesus durante Seu discurso formal inicial às
multidões (veja as parábolas 2 ,3 ,4 ,5 ).

VERDADES ESPIRITUAIS
I. O sal tinha um papel importante na Bíblia.
A. Todas as ofertas de grão, sob a Lei de Moisés, deveriam ser acompanhadas de sal (Lv 2.13).
B. No milênio futuro, todas as ofertas de animais devem ser acompanhadas de sal (Ez 43.24).
C. Deus ratificou Seu concerto com Davi ao utilizar o sal (2 Cr 13.5).
D. Paulo orienta-nos para que nossas palavras sejam sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um (Cl 4.6).

II. N os dias de Jesus, soldados romanos geralmente recebiam o pagamento em sal em vez de ouro.
III. Jesus disse que devemos agir como o sal. O sal:
A. Tempera (Jó 6.6).
B. Preserva.
C. Purifica (2 Rs 2.20,21).

IV. Também foi sugerido que o sal serve para deixar com sede, indicando que a nossa caminhada
diária deva causar sede na vida de amigos, colegas de trabalho, parentes etc. que ainda
não foram salvos.
V. Por fim, Jesus alertou que o sal insípido será lançado fora e [...] pisado pelos homens (Mt
5.13). Talvez Paulo tivesse essas palavras em mente quando escreveu, mais tarde, sobre o tribunal
de Cristo (1 Co 3.11-15).

sexta-feira, 12 de maio de 2017

ESBOÇOS BIBLICOS VARIADOS

A VERDADEIRA TESTEMUNHA DE CRISTO.
1. Testemunhe, em amor, como Maria. Mt. 26:10-13.
2. Segundo a Escritura, como Paulo. 1 Co. 15:1-4.
3. Destemido, como o apóstolo Pedro. At. 2:14-40.
4. Fiel, como Samuel perante Saul. 1 Sm. 15:23.
5. Pessoalmente, como Natã perante Davi. 2 Sm. 12:1-14.
6. Sirva espontaneamente e sem ganância. 1 Pe. 5:2.
7. Testemunhe no poder do alto. Hb. 2:4.


 COMO DEVEMOS ANUNCIAR O EVANGELHO.
1. Conforme a Escritura, como o Senhor. Jo. 3:14-18; Lc. 4:16-21.
2. Com seriedade, como Paulo em Atenas. At. 17:16 ss.
3. Glorificando o amor, como João. 1 Jo. 4:9-14.
4. Conforme o exemplo de Cristo, como Filipe. At. 8:35-40.
5. Eficientemente, como a mulher samaritana. Jo. 4:28-30,39-42.
6. No Espírito Santo. 1 Pe. 1:12.
7. Dando exemplo e praticando. 1 Ts. 1:7-10.

terça-feira, 9 de maio de 2017

A GRANDE TRIBULAÇÃO E ISRAEL

A GRANDE TRIBULAÇÃO: UM DOS CASTIGO PARA ISRAEL
Lemos em Levítico 26.21,28:

Se andardes contrariamente para comigo, e não me quiserdes ouvir, multiplicarei as vossas aflições sete vezes mais, segundo os vossos pecados... então eu vos serei contrário em furor, e vos castigarei sete vezes mais por causa dos vossos pecados. Por mais que a expressão “sete vez mais” possa parecer apenas uma figura da intensidade do castigo de Deus sobre o povo israelita, a história nos permite interpretá-la literalmente.

Ao longo de sua historia, Israel, como povo e como nacao, correu o risco de ser exterminado pelo menos seis vezes:

1)Por ocasiao do cativeiro assirio, em 721 a.C., quando o reino das dez tribos desapareceu sob o imperio assirio.

2) O cativeiro babilonico, 605 a.C., quando Juda ficou sujeita ao imperio de babilonia.

3) A opressao sobre Antioco Epifanio, de 168 a 165 a.C., quando de novo a pequena nacao de Ju d a foi ameacada de ser exterminada.

4) Por ocasiao da destruicao de Jerusalem e do templo, em 70 d.C.. Cerca de dois milhoes de judeus pereceram nessa guerra contra os romanos. Somente no cerco
de Jerusalem pereceram quase um milhao de judeus.

5) A opressao sob Adriano, de 132 a 135 d.C., quando Roma tomou todas as medidas no sentido de fazer que a nacao e o povo de Israel desaparecessem.

6) Finalmente, o recente holocausto sob o nazismo, de 1939-1945 d.C., quando seis milhoes de judeus pereceram. A operacao denominada “A solucao final do problema ju deu”, dos nazistas, visava o exterminio de todos os judeus.


ASPECTOS DA GRANDE TRIBULAÇÃO.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

EQUIPE DE BATALHA

A IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS DE COTEGIPE - BAHIA, CONTINUA FIRME NO EVANGELISMO. MAIS UM CULTO ABENÇOADO!! O EVANGELHO CONTINUA SENDO PREGADO.




segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

ESBOÇOS BIBLICOS DE SERMAO

A volta de Cristo
 M t 24

1.Como será a volta de Cristo:
a. Será repentina (Mt 24.27; Ap 22.20).
b.Será inesperada (Mt 24.44; Ap 16.15).
c. Será causa de medo para muitos(Lc  1 7.26-30).
d. É aguardada com ansiedade por toda a criação (Rm 8.21-22).

2. Por isso devemos ser semelhantes:
a. Às virgens prudentes (Mt 25.1 ss.).
b. Aos servos fiéis (prontos para prestarem contas) (Mt 24.45-46).
c. Ao lavrador (que espera pacientemente o fruto da terra) (Tg 5.7-8).
d. Ao soldado vigilante (Ap 16.15; Is 21.12).


O que vocês pensam de Cristo
Mt  22.42

1. Ele é Salvador: salva totalmente (Hb 7.25).
2. Ele é Mestre: ensinava com autoridade(Mt 7.29; Mt 23.8).
3. Ele é Poderoso: curou a todos (At 10.38).
4. Ele é Amigo: "Vós sois meus amigos"(Jo 15.14).
5. Ele é Juiz: é um justo juiz (2Tm 4.8).

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

O MILAGRE ESTÁ EM SUA CASA - LIÇÃO 09 COM SUBSIDIOS


SUBSIDIO ELABORADO PELO EVANGELISTA: NATALINO ALVES DOS ANJOS. PROFESSOR NA E.B.D e PESQUISADOR. MEMBRO DA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS MISSÃO - CAMPO DE COTEGIPE - BAHIA.

LIÇÕES BÍBLICAS CPAD -ADULTOS
4º Trimestre de 2016

Título: O Deus de toda provisão — Esperança e sabedoria divina para a Igreja em meio às crises
Comentarista: Elienai Cabral

Lição 9: O milagre está em sua casa
Data: 27 de Novembro de 2016



TEXTO ÁUREO

“Pois o SENHOR, vosso Deus, é o Deus dos deuses [...], que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas; que faz justiça ao órfão e à viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe pão e veste” (Dt 10.17,18).

VERDADE PRÁTICA

Em tempos de crises Deus realiza o impossível e o extraordinário.

LEITURA DIÁRIA

Segunda — 2Rs 2.8
Eliseu divide as águas do Jordão
Terça — 2Rs 4.1-7
Eliseu multiplica o azeite da viúva de um dos filhos dos profetas
Quarta — 2Rs 4.19-35
Eliseu ressuscita o filho de uma sunamita
Quinta — 2Rs 4.42-44
Eliseu multiplicou os pães para cem homens
Sexta — 2Rs 5.9-14
Eliseu indicou a cura da lepra de Naamã
 Sábado — 2Rs 6.6,7
Eliseu fez o machado flutuar

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

2 Reis 4.1-7.

1 — E uma mulher das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor a levar-me os meus dois filhos para serem servos.
2 — E Eliseu lhe disse: Que te hei de eu fazer? Declara-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
3 — Então, disse ele: Vai, pede para ti vasos emprestados a todos os teus vizinhos, vasos vazios, não poucos.
4 — Então, entra, e fecha a porta sobre ti e sobre teus filhos, e deita o azeite em todos aqueles vasos, e põe à parte o que estiver cheio.
5 — Partiu, pois, dele e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; e eles lhe traziam os vasos, e ela os enchia.
6 — E sucedeu que, cheios que foram os vasos, disse a seu filho: Traze-me ainda um vaso. Porém ele lhe disse: Não há mais vaso nenhum. Então, o azeite parou.
7 — Então, veio ela e o fez saber ao homem de Deus; e disse ele: Vai, vende o azeite e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto.


HINOS SUGERIDOS

28, 58 e 262 da Harpa Cristã.


OBJETIVO GERAL

Ressaltar que em tempos de crise Deus opera o impossível.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS



Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I. Apontar a crise financeira pela qual a viúva que procurou Eliseu passava;
II. Mostrar que Deus realiza milagres;
III. Enfatizar que Deus dá a provisão na medida certa.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

OS ANJOS, E O ANJO DO SENHOR



Jz 2.1 “E subiu o Anjo do SENHOR de Gilgal a Boquim e disse: Do Egito vos fiz subir, e vos trouxe à terra que a vossos pais tinha jurado, e disse: Nunca invalidarei o meu concerto convosco.”
A Bíblia menciona freqüentemente os anjos; o presente estudo provê uma noção geral do ensino bíblico a respeito dos anjos.
ANJOS. A palavra “anjo” (hb. malak; gr. angelos) significa “mensageiro”. Os anjos são mensageiros ou servidores celestiais de Deus (Hb 1.13,14), criados por Deus antes de existir a terra (Jó 38.4-7; Sl 148.2,5; Cl 1.16).

(1) A Bíblia fala em anjos bons e em anjos maus, embora ressalte que todos os anjos foram originalmente criados bons e santos (Gn 1.31). Tendo livre-arbítrio, numerosos anjos participaram da rebelião de Satanás (Ez 28.12-17; 2Pe 2.4; Jd 1.6; Ap 12.9; ver Mt 4.10 nota) e abandonaram o seu estado original de graça como servos de Deus, e assim perderam o direito à sua posição celestial.

(2) A Bíblia fala numa vasta hoste de anjos bons (1Rs 22.19; Sl 68.17; 148.2; Dn 7.9-10; Ap 5.11), embora os nomes de apenas dois sejam registrados nas Escrituras: Miguel (Dn 12.1; Jd 1.9; Ap 12.7) e Gabriel (Dn 9.21; Lc 1.19,26). Segundo parece, os anjos estão divididos em diferentes categorias: Miguel é chamado de arcanjo (lit.: “anjo principal”, Jd 9; 1 Ts 4.16); há serafins (Is 6.2), querubins (Ez 10.1-3), anjos com autoridade e domínio (Ef 3.10; Cl 1.16) e as miríades de espíritos ministradores angelicais (Hb 1.13,14; Ap 5.11).

(3) Como seres espirituais, os anjos bons louvam a Deus (Hb 1.6; Ap 5.11; 7.11), cumprem a sua vontade (Nm 22.22; Sl 103.20), vêem a sua face (Mt 18.10), estão em submissão a Cristo (1Pe 3.22), são superiores aos seres humanos (Hb 2.6,7) e habitam no céu (Mc 13.32; Gl 1.8). Não se casam (Mt 22.30), nunca morrerão (Lc 20.34-36) e não devem ser adorados (Cl 2.18; Ap 19.9,10). Podem aparecer em forma humana (geralmente como moços, sem asas, cf. Gn 18.2,16; 19.1; Hb 13.2).

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

DEUS TRABALHA PELA FAMILIA - LIÇÃO 8 COM SUBSIDIOS

SUBSIDIO ELABORADO PELO EVANGELISTA: NATALINO ALVES DOS ANJOS. PROFESSOR NA E.B.D e PESQUISADOR. MEMBRO DA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS MISSÃO - CAMPO DE COTEGIPE - BAHIA.

LIÇÕES BÍBLICAS CPAD - ADULTOS

4º Trimestre de 2016

Título: O Deus de toda provisão — Esperança e sabedoria divina para a Igreja em meio às crises
Comentarista: Elienai Cabral

Lição 8: Rute: Deus trabalha pela família
Data: 20 de Novembro de 2016



TEXTO ÁUREO

“[...] Bendito seja o SENHOR, que não deixou, hoje, de te dar remidor, e seja o seu nome afamado em Israel” (Rt 4.14).

VERDADE PRÁTICA

Deus abençoa o trabalho, a fé e a persistência da família que o serve.


LEITURA DIÁRIA

Segunda — Rt 1.1
A fome leva uma família a deixar Belém
Terça — Rt 1.3
Noemi enfrenta a morte em sua família
Quarta — Rt 1.6,7
O triste regresso de Noemi em meio à crise
Quinta — Rt 2.1,2
O trabalho de Rute em meio à crise
Sexta — Rt 2.8,9
Provisão divina e cuidado em meio à crise
Sábado — Rt 4.13
A bênção do casamento em meio à crise


LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Rute 1.1-14.

1 — E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; pelo que um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele, e sua mulher, e seus dois filhos.
2 — E era o nome deste homem Elimeleque, e o nome de sua mulher, Noemi, e os nomes de seus dois filhos, Malom e Quiliom, efrateus, de Belém de Judá; e vieram aos campos de Moabe e ficaram ali.
3 — E morreu Elimeleque, marido de Noemi; e ficou ela com os seus dois filhos,
4 — os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome de uma Orfa, e o nome da outra, Rute; e ficaram ali quase dez anos.
5 — E morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando assim esta mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido.
6 — Então, se levantou ela com as suas noras e voltou dos campos de Moabe, porquanto, na terra de Moabe, ouviu que o SENHOR tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão.
7 — Pelo que saiu do lugar onde estivera, e as suas duas noras, com ela. E, indo elas caminhando, para voltarem para a terra de Judá,
8 — disse Noemi às suas duas noras: Ide, voltai cada uma à casa de sua mãe; e o SENHOR use convosco de benevolência, como vós usastes com os falecidos e comigo.
9 — O SENHOR vos dê que acheis descanso cada uma em casa de seu marido. E, beijando-as ela, levantaram a sua voz, e choraram,
10 — e disseram-lhe: Certamente, voltaremos contigo ao teu povo.
11 — Porém Noemi disse: Tornai, minhas filhas, por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no meu ventre mais filhos, para que vos fossem por maridos?
12 — Tornai, filhas minhas, ide-vos embora, que já mui velha sou para ter marido; ainda quando eu dissesse: Tenho esperança, ou ainda que esta noite tivesse marido, e ainda tivesse filhos,
13 — esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não, filhas minhas, que mais amargo é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do SENHOR se descarregou contra mim.
14 — Então, levantaram a sua voz e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra; porém Rute se apegou a ela.

HINOS SUGERIDOS

58, 83 e 400 da Harpa Cristã.

OBJETIVO GERAL

Ressaltar que Deus abençoa o trabalho, a fé e a persistência da família que o serve.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I. Apontar a crise econômica pela qual Belém estava passando;
II. Mostrar como Noemi e Rute superaram as crises;
III. Enfatizar que a fé e o trabalho nos ajudam a superar as crises.


INTERAGINDO COM O PROFESSOR

A família de Elimeleque teve que deixar Belém devido a uma grave crise econômica. Era tempo de escassez. A crise era resultado da desobediência dos israelitas para com o Senhor no tempo dos juízes. Um tempo difícil, onde cada um fazia aquilo que parecia ser bom aos seus próprios olhos. A falta de temor e observância da lei trouxe sérios prejuízos espirituais e financeiros para Israel. A família de Elimeleque muda-se para Moabe na esperança de ter dias melhores. Mas, ali Elimeque morre e é enterrado. Seus dois filhos também vieram a falecer em Moabe. Noemi, a esposa de Elimeleque teve que enfrentar a perda do marido e dos filhos. Mas crises ainda piores estavam por vir. Todavia, Deus lhe concedeu um escape; uma nora que a amou e a acolheu em tempos de amargura. Noemi e Rute voltam para Belém, trabalham, mantém a fé em Deus e são grandemente abençoadas. Todos nós enfrentamos momentos de dor e aflição. Mas a nossa fé nos faz avançar, trabalhar e ver o impossível sendo realizado. Diante das adversidades, não desanime, não pare.